A Geo-etnografia da Barra do Pacuí: experiências vividas nos lugares, nos espaços e entre a gente do sertão

Angela Fagna Gomes de Souza, Geraldo Inácio Martins, Rodrigo Herles dos Santos, Carlos Rodrigues Brandão

Resumo

O presente estudo foi desenvolvido na região do médio São Francisco, no município de Ibiaí, Norte de Minas Gerais, tendo como “loco” empírico, a comunidade de Barra do Pacuí. A abordagem investigativa foi conduzida por meio da análise de como os camponeses desta comunidade, percebem, sentem, representam e atuam sobre o meio ambiente em que vivem e trabalham. Do ponto de vista teórico, foram discutidos os conceitos acerca da questão ambiental, da relação entre a comunidade e o ambiente, além da constituição simbólica e econômica das chamadas sociedades tradicionais. Desta maneira, foi conduzida uma análise “geoetnográfica” da comunidade, a qual permitiu a descrição completa do modo-de-vida e das formas de manejo do ambiente local, destacando principalmente, aspectos de sua Geografia interna.

Palavras-chave

Natureza, Cultura, Campesinato, Manejo do Ambiente e tradição

Texto completo:

Texto completo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.