Ataque de um inseto galhador (Diptera: Cecidomyiidae) em Astronium fraxinifolium (Anacardiaceae) em uma floresta estacional

Marcílio Fagundes, Cintia Lepesqueur Gonçalves

Resumo

Muitas hipóteses têm sido propostas para explicar a variação na riqueza e abundância de insetos herbívoros em hospedeiros coespecíficos. Este estudo descreve o padrão de ataque de um inseto galhador (Diptera: Cecidomyiidae) em Astronium fraxinifolium, testando as Hipóteses do Vigor e da Arquitetura da Planta Hospedeira. Para testar estas hipóteses, a preferência para oviposição da fêmea do galhador foi avaliada contando-se o números de ataques do galhador em dez ramos de dez árvores adultas, localizadas na reserva da COPASA, em Juramento (MG). Os resultados do estudo indicam que a resistência da planta hospedeira constitui o principal fator de mortalidade do galhador. Além disto, as fêmeas do inseto galhador atacam preferencialmente ramos mais vigorosos e plantas estruturalmente mais complexas, corroborando as Hipóteses do Vigor e da Arquitetura da planta. Entretanto, quando se analisa apenas o número de galhas que sobrevivem, escapando das defesas da planta, este padrão de ataque se torna pouco conspícuo. Assim, estes fatores de mortalidade devem ser considerados com mais atenção em outros estudos que envolvem interações entre herbívoros e suas plantas hospedeiras.

Palavras-chave

Hipótese do Vigor; Hipótese da Arquitetura; Resistência da planta; Galhas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.