Percursos Historiográficos e fontes orais: elementos para uma discussão

Rejane Penna

Resumo

A partir dos anos 70, percebeu-se uma renovação nos trabalhos envolvendo História. Novas temáticas foram abordadas e temas tradicionais enfocados sob perspectivas inovadoras. O processo foi acompanhado pela ampliação da noção de fonte histórica, considerando-se diversos vestígios como válidos para auxiliar na interpretação. Dessa forma, as fontes orais, recusadas por muito tempo pela historiografia tradicional, tomaram, pouco a pouco, espaço privilegiado na nova historiografia. Atualmente, grupos nas universidades e instituições públicas e privadas utilizam de forma intensa esse tipo de fonte. O presente trabalho busca esclarecer se a ampliação do número de pesquisadores que se envolveram com as fontes orais e utilizaram os resultados obtidos em suas pesquisas foi acompanhada, no mesmo nível, pelo aprofundamento metodológico, implicando em avanços reais na discussão historiográfica.

Palavras-chave

Historiografia; Fontes orais; Metodologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.