Ovarian cancer in palliative care: a case report

Raíssa Katherine Rodrigues, Jaqueline Rodrigues Aguiar de Carvalho, Príscila Bernadina Miranda Soares

Resumo

CÂNCER DE OVÁRIO EM CUIDADOS PALIATIVOS: UM RELATO DE CASO


Abstract: The causes of the cancer are varied, and they may be external or internal to the organism, being both interrelated. Cancer is a global public health problem. The World Health Organization (WHO) estimated that by the year 2030, 27 million cases of cancer can be expected. It is estimated, for Brazil, 2018/2019 biennium, the occurrence of 600 thousand new cases of cancer, for each year. Ovarian cancer is the most difficult gynecological tumor to diagnose and the least chance of cure. About 3/4 of the cancers of this organ are at an advanced stage at the time of diagnosis, a situation in which treatment options are restricted to cytoreductive surgery and chemotherapy based on platinum derivatives. These therapeutic modalities are only partially effective and, consequently, most patients will present recurrence and death as a function of the disease. When the disease is already at an advanced stage, out of therapeutic possibilities, palliative care is essential to relieve pain and other physical and psychological symptoms. The objective of this study was to report a case of advanced ovarian cancer in a young woman followed up in the palliative care service, showing the benefit of the same, providing comfort and quality of life.

 

Resumo: As causas do câncer são variadas, podendo ser externas ou internas ao organismo, estando ambas inter-relacionadas. O câncer é um problema de saúde pública mundial. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estimou que, no ano de 2030, podem-se esperar 27 milhões de casos incidentes de câncer. Estima-se, para o Brasil, biênio 2018/2019, a ocorrência de 600 mil novos casos de câncer, para cada ano. O câncer de ovário é o tumor ginecológico mais difícil de ser diagnosticado e o de menor chance de cura. Cerca de 3/4 dos cânceres desse órgão apresentam-se em estágio avançado no momento do diagnóstico, situação em que as opções de tratamento são restritas à cirurgia citorredutora e a quimioterapia baseada nos derivados da platina. Essas modalidades terapêuticas são apenas parcialmente efetivas e, consequentemente, a maioria das pacientes apresentará recorrência e óbito em função da doença. Quando a doença já se apresenta em estágio avançado, fora de possibilidades terapêuticas, os cuidados paliativos são essenciais para amenizar a dor e outros sintomas físicos e psíquicos. O objetivo desse trabalho foi relatar um caso de câncer de ovário avançado em mulher jovem acompanhada no serviço de cuidados paliativos, mostrando o benefício dos mesmos, proporcionando conforto e qualidade de vida.


Texto completo:

Visualizar PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.