Occupational accidents in nursing professionals from primary health care and implemented interventions: integrative review

Amanda de Souza Miranda, Fernanda Ferreira Santos, Janaina Oliveira Farias, Jéssica Borges Lacerda, Maria Luiza Ribeiro Silva, Paulo Rodrigues Martins, Daniel Vinícius Alves Silva, Diego Dias de Araújo

Resumo

Abstract: Objective: To identify, in the literature, the main occupational accidents in nursing professionals in Primary Health Care as well as the interventions implemented. Methodology: This is an integrative review of the literature, carried out between April and May 2018. The search for the studies occurred in the Virtual Health Library. The following inclusion criteria were adopted: investigate occupational accidents in members of the nursing team who work in Primary Health Care, either primary study, with no time limit of period of publication, in the English language or texts available in full.
Results: Three studies were found that addressed the proposed theme. The year of publication ranged between 2012 and 2018 and the Qualis of the periodicals were B1 (rated), B2 (satisfactory rating) and B3 (intermediate rating). The most common type of study was the descriptive, with level of evidence VI, considered low level of scientific evidence. Regarding the accidents the occupational, psychosocial and biological ones stand out (100%) and of interventions implemented 100% of the studies pointed to continuing education in health as a prevention strategy. Conclusion: It is pertinent to address this issue among nursing professionals of Primary Health Care, guiding them, mainly through lifelong learning strategies in health, about potential and real occupational hazards to which they are exposed so they can use measures to promote safety in the work environment, care and maintenance of the workers' health.

 

Keywords: Accidents; Occupational; Primary Health Care; Family Health Strategy; Nursing; Nursing Care.

 

Resumo: Objetivo: Identificar, na literatura, os principais acidentes ocupacionais em profissionais da enfermagem na Atenção Primária à Saúde, bem como as intervenções implementadas. Metodologia: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, realizada entre abril e maio de 2018. A busca dos estudos ocorreu na Biblioteca Virtual em Saúde. Adotou-se como critérios de inclusão: investigar acidentes ocupacionais em membros da equipe de Enfermagem que atuam na Atenção Primária à Saúde, ser estudo primário, sem limite temporal do período de publicação, no idioma português e textos disponíveis na íntegra. Resultados: Foram encontrados três estudos que abordavam o tema proposto. O ano de publicação variou entre 2012 e 2018 e os Qualis dos periódicos foram B1(boa classificação), B2 (classificação satisfatória) e B3(classificação intermediária). O tipo de estudo mais comum foi o descritivo, com nível de evidência VI, considerado baixo nível de evidência científica.  Em relação aos acidentes ocupacionais, destacam-se os psicossociais e biológicos (100%) e quanto às intervenções implementadas 100% dos estudos apontaram a educação permanente em saúde como estratégia de prevenção. Conclusão: Torna-se pertinente abordar essa temática entre os profissionais de enfermagem da Atenção Primária à Saúde, orientando-os, principalmente por meio de estratégias de educação permanente em saúde, sobre os riscos ocupacionais potenciais e reais aos quais estão expostos para que possam utilizar medidas que promovam a segurança no ambiente de trabalho, o cuidado e manutenção da saúde dos trabalhadores.

 

Palavras-chave: Acidentes de Trabalho; Atenção Primária a Saúde; Estratégia Saúde da Família; Enfermagem; Cuidados de Enfermagem.

Palavras-chave

Accidents; Occupational; Primary Health Care; Family Health Strategy; Nursing; Nursing Care; Acidentes de Trabalho; Atenção Primária a Saúde; Estratégia Saúde da Família; Enfermagem; Cuidados de Enfermagem.

Texto completo:

Visualizar PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.