Infecções do trato urinário: frequência e etiologia em pacientes não hospitalizados.

Geraldo Edson Souza Guerra Júnior, Kelma Dayana de Oliveira Silva Guerra, Carlos Eduardo Mendes D'Angelis, DANIELA ARAUJO VELOSO, CRISTIANE MONTEIRO CRISÓSTOMO

Resumo

Introdução: A infecção do trato urinário (ITU) é uma doença muito comum, causada pela presença de micro-organismos no sistema urinário.

Objetivo: Avaliar o perfil dos micro-organismos nas ITUs procedentes de uroculturas no laboratório de análises clinicas do Núcleo de Atenção à Saúde e de Praticas Profissionalizantes (NASPP) em relação a idade e sexo dos pacientes.

Resultados: Os dados foram coletados por meio de consulta ao banco de registros de exames do laboratório NASPP, foram avaliadas 944 uroculturas solicitadas no período de Janeiro de 2015 a Outubro de 2016, sendo 219 (23,2%) positivas e 725 (76,8%) negativas. Nas uroculturas positivas, as infecções urinarias foram mais prevalentes no sexo feminino 168 (76,7%) e destas 81 amostras positivas nos pacientes acima de 60 anos de idade, sendo que os bacilos Gram-negativos foram os maiores causadores de ITU e a bactéria de maior prevalência foi a Escherichia coli 125 (57,0%).

Conclusão: Os resultados do trabalho corroboram com a literatura, sendo importante conhecer estudos epidemiológicos da prevalência de uropatógenos de cada região, tal conhecimento é importante para planejar e executar ações de prevenção controle e tratamento das ITU.

Palavras-chave

Infecções trato urinário, Escherichia coli, Prevalência de Bactérias, Uroculturas

Texto completo:

Visualizar PDF

Referências

- RECOMENDAÇÕES DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE PATOLOGIA CLÍNICA/MEDICINA LABORATORIAL (SBPC/ML): realização de exames em urina. Barueri, SP: Manole, 2017.

- HANNA-WAKIM RH, GHANEM ST, EL HELOU MW, KHAFAJA SA, SHAKER RA, HASSAN SA, SAAD RK, HEDARI CP, KHINKARLY RW, HAJAR FM, BAKHASH M, EL KARAH D, AKEL IS, RAJAB MA, KHOURY M, DBAIBO GS. Epidemiology and characteristics of urinary tract infections in children and adolescents. Volume 5: 45. 2015.

- MAJUMDER MI, AHMED T, SAKIB N, KHAN AR, SAHA CK. A Follow up Study of Bacteriology and Antibiotic Sensitivity Pattern of Urinary Tract Infection in a Tertiary Care Hospital in Bangladesh. Journal Bacteriology and Parasitology. Volume 9 (1): 334. 2018. (doi:10.4172/2155-9597.1000334)

- NORRBY, S. R. Abordagem dos Pacientes com Infecções do Trato Urinário. In: GOLDMAN L.; AUSIELLO D. (Ed.). Cecil Medicina. 23. ed. Rio de Janeiro: Elsevier. v. 2, cap. 306, p. 2459-2465. 2009.

- BRASIL. AGÊNCIA NACIONAL DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA - ANVISA. Manual de Microbiologia Clinica para o Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde: Procedimentos Laboratoriais da requisição do exame a análise microbiológica e laudo final. Brasília: Anvisa, 2013.

- MULLER, ERILDO VICENTE; SANTOS, DAYANI FERNANDA DOS; CORRÊA, NELTON ANDERSON BESPALEZ. Prevalência de microrganismos em infecções do trato urinário de pacientes atendidos no laboratório de análises clínicas da Universidade Paranaense - Umuarama - PR / Prevalence of the microorganisms in urinary tract infections of patients attended in the clinical analysis of the Paranaense University - Umuarama - PR. Rev. bras. anal. clin; 40(1): 35-37, 2008.

- RODRIGUES CEFB, QUEIROZ ML, COSTA APF, RODRIGUES MAG, SARMENTO ACA, OLIVEIRA RLF. Perfil Epidemiológico das Infecções Urinárias Diagnosticadas em Pacientes Atendidos no Laboratório Escola da Universidade Potiguar, Natal, RN. NewsLab. 2013;119:108-116.

- HACHUL M. Infecção do trato urinário, 2014. [acesso em 15 mar. 2018]. Disponível em: http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp? id_materia=5953&fase=imprime

- KONEMAN, E. W. et al. Diagnóstico microbiológico, texto e atlas colorido. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.

- SOARES, Leandro Antonio; NISHI, Catalina Yumi Masuda; WAGNER, Hamilton Lima. Isolamento das bactérias causadoras de infecções urinárias e seu perfil de resistência aos antimicrobianos. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, Florianópolis, v. 2, n. 6, p. 84-92. 2006.

- SILVA, ANDRIÉLI DE SOUZA; HARTMANN, ANDRÉIA; STAUDT, KELI JAQUELINE; ALVES, IZABEL ALMEIDA. Identificação e prevalência de bactérias causadoras de infecções urinárias em nível ambulatorial. Rev. Bras. Pesq. Saúde, 19(3): 69-75, 2017.

- KOCH CR, ZIMMERMANN BS, D' AGOSTIN J, RIBEIRO JC, MACHADO V,SCHNOR OH, et al. Resistência antimicrobiana dos uropatógenos em pacientes ambulatoriais, 2000-2004. Rev. Soc. Bras. Med.Trop;41(3):277-81. 2008.

- ELIAS DBD, RIBEIRO ACS. Perfil de sensibilidade antimicrobiana em urinoculturas de um hospital universitário do estado do Ceará no período de janeiro a junho de 2015. Revista Brasileira de Analises Clinicas, Volume 49, nº 04, p. 381-389. 2017.

- SALTON, GRASIELA; MACIEL, MÔNICA JACHETTI. Prevalência e perfil de resistência de bactérias isoladas em uroculturas de pacientes de uma cidade do interior do Rio Grande do Sul. CIÊNCIA & SAÚDE. 10(4): 194-199. 2017

- FREITAS BVL, GERMINO RV, TRINO LM, DIORIO SM, FUSARO AE. Prevalência e perfil de susceptibilidade a antimicrobianos de uropatógenos em pacientes atendidos no Instituto Lauro deSouza Lima, Bauru, SP. Revista Brasileira de Analises Clinicas, Volume 48, nº 04, p. 375-380. 2016.

- SANTANA, TATIANA CRISTINA FONSECA SOARES DE; PEREIRA, ELCIMERI DE MARIA MARQUES; MONTEIRO, SILVIO GOMES; DO CARMO, MONIQUE SANTOS; TURRI, ROSIMARY DE JESUS GOMES; FIGUEIREDO, PATRICIA DE MARIA SILVA. Prevalência e Resistência Bacteriana aos Agentes Antimicrobianos de Primeira Escolha nas Infecções do Trato Urinário no Município de São Luís-MA. Revista de Patologia Tropical. Vol. 41 (4): 409-418. 2012

- SILVEIRA SA, ARAÚJO MC, FONSECA FM, OKURA HM, OLIVEIRA ACS. Prevalência e suscetibilidade bacteriana em infecções do trato urinário de pacientes atendidos no Hospital Universitário de Uberaba. Rev. Bras. Anal. Clin. 42(3):157-60. 2010

- COSTA LC, et al. Infecções urinárias em pacientes ambulatoriais: prevalência e perfil de resistência aos antimicrobianos. Rev Bras Anal Clin. 42(3):175-80. 2010

- RIEGER A, FERRUGEM F, HORTA G, OLIVEIRA CF, CARNEIRO M, HORTA JA. Prevalência de patógenos bacterianos e susceptibilidade aos antimicrobianos em infecções do trato urinário de amostras ambulatoriais. Rbac.41(2):87-9. 2009

- MENDES A, ANTUNES J, COSTA MC, PEREIRA PM, MONTEIRO C, GOMES CF, et al. Frequência de Infecções Urinárias em Ambulatório: dados de um laboratório de Lisboa. Revista Lusófona de Ciências e Tecnologias da Saúde.5(2):216-23. 2008

- HORNER R, VISSOTTO R, MASTELLA A, SALLA A, DAL FORNO NLF, RIGHI RA, et al. Prevalência de micro-organismos em infecções do trato urinário de pacientes atendidos no Hospital Universitário de Santa Maria. Rev. Bras. Anal. Clin.38(3):147-50. 2006

- Braoios, Alexandre; Turatti, Tatiane Ferreira; Meredija, Lívia Chain Saab; Campos, Thiago Rômulo Sanchez; Denadai, Fernando Henrique Medeiros. Infecções do trato urinário em pacientes não hospitalizados: etiologia e padrão de resistência aos antimicrobianos. J Bras Patol Med Lab v. 45 n. 6 : p. 449-456 . 2009

- DALLACORTE, ROBERTA RIGO; SCHNEIDER, RODOLFO HERBERTO; BENJAMIN, WINSTON WEBER. Perfil das infecções do trato urinário em idosos hospitalizados na Unidade de Geriatria do Hospital São Lucas da PUCRS. Scientia Medica, v. 17, n. 4: p. 197-204. 2007

- Lucchetti, Giancarlo; Silva, Antônio José da; Ueda, Suely Mitoi Ykko; Perez, Marjo Cadernuto Deninson; Mimica, Lycia Maria Jenne. Infecções do trato urinário: análise da freqüência e do perfil de sensibilidade dos agentes causadores de infecções do trato urinário em pacientes com cateterização vesical crônica. J Bras Patol Med Lab v. 41 n. 6 : p. 383-9 . 2005

Apontamentos

  • Não há apontamentos.