Prospecção de fungos filamentosos termotolerantes e termofílicos de distintos materiais coletados no estado de Minas Gerais e análise de potenciais produtores de amilases

Vivian Machado Benassi, Aline Almeida

Resumo

As amilases são enzimas produzidas por muitos organismos, como plantas, animais, e micro-organismos, sendo utilizadas em diversos processos industriais, como no processamento de amido, na produção de etanol, xaropes de glicose e de frutose, indústria têxtil, na fabricação de cerveja e indústrias de papel. Objetivos: Isolar e caracterizar fungos filamentosos coletados de diferentes materiais no estado de Minas Gerais, Brasil, e avaliar o potencial de produção de amilases pelos micro-organismos. Metodologia: Coletaram-se oito amostras, sendo inoculadas em meio sólido, à 30°C, para isolamento de fungos filamentosos, em seguida analisou-se as características morfológicas e o possível gênero dos micro-organismos. Para análise de termofilia, os fungos foram cultivados em meio sólido Batata-Dextrose-Ágar de 30ºC à 55ºC, com intervalo de 5ºC, seguindo o cálculo da taxa de crescimento por hora, após 48 horas de desenvolvimento. A análise de potenciais amilolíticos foi realizada com o cultivo de dez isolados em meio submerso, na temperatura ótima de cada micro-organismo, seguindo a determinação de amilases. Resultados: Isolaram-se quarenta e oito fungos filamentos de diferentes aspectos morfológicos, sendo possível identificar alguns fungos isolados com os gêneros: Aspergillus, Rhizopus, Trichoderma, Penicillium, Fusarium, Rizoctonia, Mucor e Acremonio. Os maiores níveis de atividade enzimática foram observados pelo Mucor sp. AD742 e pelo Rhizoctonia sp. AQ832. Conclusões: Neste estudo, isolados apresentaram valores de atividade amilolítica expressivas, sendo um deles obtido da área de campo rupestre ferruginoso degradado e outro correspondente ao campo rupestre quartzítico.

Palavras-chave

Bioprospecção. Fungos Filamentosos; Amilase; Biodiversidade;

Texto completo:

Visualizar PDF

Referências

PEREIRA J.O., DE SOUZA A.Q.L., DE SOUZA A.D.L., DE CASTRO FRANÇA S., DE OLIVEIRA L.A. Overview on Biodiversity, Chemistry, and Biotechnological Potential of Microorganisms from the Brazilian Amazon. In: de Azevedo J., Quecine M. (eds) Diversity and Benefits of Microorganisms from the Tropics. Springer, Cham. p. 71-103, 2017.

MADIGAN, M. T., MARTINKO, J. M.; PARKER, J.. Brock biology of microorganisms. Vol. 13. Pearson, 2017.

POLIZELI, M. L. T.M.; SILVA, T. M. (orgs). Amilases Microbianas. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2016.

WAKAI, S.; Arazoe, T., Ogino, C., & Kondo, A.. Future insights in fungal metabolic engineering. Bioresource technology, 2017.

BENASSI, V. M., et al. Production and action of an Aspergillus phoenicis enzymatic pool using different carbon sources. Braz. J. Food Technol. v. 15, n. 3, p. 253-260, Set. 2012.

NWAGU, T. N.; OKOLO, B. N.Extracellular Amylase Production of a Thermotolerant Fusarium p. Isolated from Eastern Nigerian soil. Braz. Arch. Biol. Technol. v.54 n.4: pp. 649-658, 2011. Disponível em: . Acesso em set. 2017.

TORTORA, Gerard J.; CASE, Christine L.; FUNKE, Berdell R. Microbiologia-12ª Edição. Artmed Editora, 2016.

INMET - Instituto Nacional de Meteorologia; Estações e Dados do município de Diamantina. Eixo Monumental Sul Via S1 - Sudoeste - Brasília-DF - CEP: 70680-900. 2017. Disponível em: . Acesso em dez. 2017.

EMERSON, R. An experimental study of the life cycles and taxonomy of Allomyces. Lloydia, v. 4, p. 77-144, 1941.

RIDDELL, R. W. Permanent Stained Mycological Preparations Obtained by Slide Culture. Mycologia, v. 42, p. 265–270, 1950.

PEIXOTO, S. C., et al. Rhizopus microsporus var. rhizopodiformis: a thermotolerant fungus with potential for production of thermostable amylases. Int. Microbiol., v. 6, p. 269-273, 2003. Disponível em: . Acesso em set 2017.

MILLER, G. L. Use of dinitrosalicyllic acid for determination of reducing sugar. Analytical Chemistry, v. 11, p. 426-428, 1959.

BENASSI, V.M. LUCAS, R. C. D., JORGE, J. A., & POLIZELI, M. D. L. T. D. Screening of thermotolerant and thermophilic fungi aiming β-xylosidase and arabinanase production. Brazilian Journal of Microbiology, v. 45, n. 4, p. 1459-1467, 2014.

BAKER, Scott E.; BENNETT, Joan W. An overview of the genus Aspergillus. The Aspergilli: Genomics, medical aspects, biotechnology, and research methods, p. 3-13, 2007.

BARTNICKI-GARCIA, S.; NICKERSON, Walter J. Isolation, composition, and structure of cell walls of filamentous and yeast-like forms of Mucor rouxii. Biochimica et biophysica acta, v. 58, n. 1, p. 102-119, 1962.

HARMAN, G. E., HOWELL, C. R., VITERBO, A., CHET, I., & LORITO, M. Trichoderma species—opportunistic, avirulent plant symbionts. Nature reviews microbiology, v. 2, n. 1, p. 43, 2004.

PASIN, T. M., BENASSI, V. M., MOREIRA, M. A., JORGE, J. A., & POLIZELI, M. L. T. M. Prospecting Filamentous Fungi for Amylase Production: Standardization of Aspergillus japonicus Culture Conditions. v.4 n.4,p.482-498, 2014.

TAKAHASHI, J. A., Lima, G. S., dos Santos, G. F., Lyra, F. H., Hughes, A. F., & Gonçalves, F. A. G.. Fungos filamentosos e química: velhos conhecidos, novos aliados. Revista Virtual de Química, v.9, n.6, p.2351-2382, set. 2017. Disponível em: https://www.researchgate.net.

LUZ, B. D. da S. BICAS, J. L. ; SARROUH, B.; LOFRANO, R. C. Z.. Bioprospecção de microrganismos produtores de enzimas de interesse industrial realizada no Parque Estadual Serra do Ouro Branco, Brasil. Interbio v.10 n.1, Jan-Jun, 2016.

GONÇALVES, V. N., CANTRELL, C. L., WEDGE, D. E., FERREIRA, M. C., SOARES, M. A., JACOB, M. R., & ZANI, C. L.Fungi associated with rocks of the Atacama Desert: taxonomy, distribution, diversity, ecology and bioprospection for bioactive compounds. Environmental microbiology, v. 18, n. 1, p. 232-245, 2016.

SOBRAL, LAUREANA V. et al. Antimicrobial and enzymatic activity of anemophilous fungi of a public university in Brazil. An. Acad. Bras. Ciênc.., v.89, n.3, pp.2327-2340,Out-2017.Disponível em: . Acesso em fev., 2018.

FREITAS, F.; TORRES, C. A.V.; REIS, M. A.M. Engineering aspects of microbial exopolysaccharide production. Bioresource technology, v. 245, p. 1674-1683, 2017.

SINDHU, R., Binod, P., Madhavan, A., Beevi, U. S., Mathew, A. K., Abraham, A & Kumar, V. Molecular improvements in microbial α-amylases for enhanced stability and catalytic efficiency. Bioresource technology, 2017.

ZHANG, Q.;HAN, Y.; XIAO, H.; Microbial alfa-amylase: A biomolecular overview. Process Biochemistry v.53 p.88-101, 2017.

GRIFFIN, D. H. Fungal physiology. [S.l.]: John Willey & Sons Incorporation, 1994. 458 p.

VIKTOR, M. J., Rose, S. H., Van Zyl, W. H., & Viljoen-Bloom, M. Raw starch conversion by Saccharomyces cerevisiae expressing Aspergillus tubingensis amylases. Biotechnology for biofuels, v. 6, n. 1, p. 167, 2013.

SAMSON, R.A., HOUBRAKEN, J., THRANE, U., FRISVAD, J.C., ANDERSEN, B., Food and CBS-KNAW Fungal Biodiversity Centre. Utrecht, Netherlands. Indoor Fungi, Vol. 2., 2010.

PELCZAR, M. J. JR.; CHAN, E. C. S.; KRIEG, N. R. Microbiologia: Conceitos e

Aplicações, vol. 2, 2 edição, São Paulo, MAKRON Books, p. 517, 1996.

ORLANDELLI, Ravely Casarotti et al. Enzimas de interesse industrial: produção por fungos e aplicações. SaBios-Revista de Saúde e Biologia, v. 7, n. 3, p.97-109, 2012

ALMEIDA, P. Z. Diversidade do potencial amilolítico em fungos filamentosos: purificação e caracterização de uma glucoamilase de Aspergillus brasiliensis. 2015. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

ARAUJO COELHO, L. V., ATANÁSIO BORBA, C. B., VIEIRA DE MELO, E. J., ALVES DE OLIVEIRA DA SILVA, L., O potencial de Streptomyces isolados na região de maués na produção de enzimas hidrolíticas. Ciência e Natura, Santa Maria v.39 n.2, p. 202 – 210 2017. Disponível em: . Acesso em 10 de jan. 2018

Apontamentos

  • Não há apontamentos.