Fatores pós-natais relacionados ao transtorno do espectro do autismo: revisão integrativa da literatura

Liliane Marta Mendes de Oliveira, Fernanda Alves Maia, Maria Tereza Carvalho Almeida, Maria Rachel Alves, Laura Vicuna Santos Bandeira Lopes, Victória Spínola Duarte de Oliveira, Victor Bruno da Silva, Andrea Maria Eleutério de Barros Lima Martins, Maria Fernanda Santos Figueiredo, Marise Fagundes da Silveira

Resumo

Resumo: O objetivo deste trabalho foi reunir e sintetizar resultados da produção científica em inglês/espanhol/português entre 2000-2014, relacionada aos fatores pós-natais associados ao Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Trata-se de uma revisão integrativa de literatura com buscas nas bases LILACS, MEDLINE e PubMed. Os dados extraídos foram registrados em instrumento padronizado. Identificou-se 619 artigos e 20 satisfizeram os critérios de inclusão, sendo todos quantitativos e a maioria do tipo caso-controle. Os fatores com associação com o TEA foram: aspectos nutricionais (iodo e ácido docosahexaenóico); exposição ambiental (exposição a metais pesados); questões relacionadas à vacinação (reações adversas a vacinas com presença de mercúrio); doenças e complicações do recém-nascido (RN) (fenilcetonúria e níveis de bilirrubina); e infecções na criança. Os fatores pós-natais são preveníveis e modificáveis e o conhecimento desses fatores é essencial para a prevenção do TEA e para a elaboração de políticas públicas com o desenvolvimento de ações que favoreçam o diagnóstico e intervenção imediata e, consequentemente um melhor prognóstico para as pessoas com esse transtorno.

Palavras-chave

Transtorno Autístico. Autismo. Pós-natal. Fatores de Risco.

Texto completo:

Visualizar PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.