Analysis of mortality from breast cancer in the state of Minas Gerais: an analysis of the hospital information system of the unified health system in the period from 2008 to 2016

Camila Teles Gonçalves, Jaqueline Teixeira Teles Gonçalves, Luís Gustavo Soares Rodrigues, Patrícia Alves Paiva, Karina Andrade de Prince

Resumo

Abstract: objective: To analyze the information of the Hospital Information System of the Unified Health System about the number of hospitalizations and deaths for breast cancer in women in Minas Gerais, in the period from 2008 to 2016, regarding epidemiological variables (age, color, and character of service and number of hospitalizations). Methods: retrospective study, research, cross, descriptive and quantitative character. The universe of research data of the Hospital Information System of the Unified Health System concerning the rate of hospitalizations for breast cancer in Minas Gerais, in the period from January 2008 to December 2016. Results: during this period were 52,180 hospitalizations were registered having an increase in the period studied. As for the character of care, it was found prevalence of elective care (50.6%). The predominance of the private service scheme (85.6%), with the largest number of deaths in the age group from 50 to 59 years. As for the color/race, 43.8% declared themselves mixed race. Conclusion: in Minas Gerais, the number of hospitalizations and deaths for breast cancer has increased significantly each year, being more common in the age group from 40 to 59 years, with worse prognosis after 80 years, being the largest private sector body responsible for hospitalizations and expenditures of these patients, and they occur predominantly in the central region of the State.

 

Keywords: Breast cancer. Epidemiological profile. Morbidity and mortality. Public health.


Análise de internações e mortalidade por neoplasia de mama em Minas Gerais: análise de dados do sistema de informações hospitalares do sistema único de saúde no período de 2008 a 2016


Resumo: Objetivo: analisar as informações do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde sobre o número de internações e óbitos por neoplasia de mama em mulheres em Minas Gerais, no período de 2008 a 2016, referentes às variáveis epidemiológicas (idade, cor, regime e caráter de atendimento e número de internações). Metodologia: estudo de investigação, retrospectivo, transversal, de caráter descritivo e quantitativo. O universo da pesquisa são os dados do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde referente à taxa de internações e o número de óbitos por câncer de mama em Minas Gerais, no período de janeiro de 2008 a dezembro de 2016. Resultados: Registraram-se nesse período 52.180 casos de internações com aumento crescente no período estudado. Quanto ao caráter de atendimento, verificou-se prevalência de atendimentos eletivos (50,6%). O predomínio do regime de atendimento foi o privado (85,6%), com maior número de óbitos no grupo etário de 50 a 59 anos. Quanto à cor/raça autorreferida, 43,8% declararam-se pardas.  Conclusão: em Minas Gerais, o número de internações e óbitos por câncer de mama tem aumentado expressivamente a cada ano, sendo mais frequente na faixa etária dos 40 aos 59 anos, com pior prognóstico após os 80 anos, sendo o setor privado o maior órgão responsável pelas internações e gastos desses pacientes, e estas ocorrem predominantemente na região central do Estado.

 

Palavras-chave: Câncer de mama. Perfil epidemiológico. Morbimortalidade. Saúde pública.

 

 

 

 

 

 



Palavras-chave

Câncer de mama; Perfil epidemiológico; Morbimortalidade; Saúde pública; Breast cancer; Epidemiological profile; Morbidity and mortality; Public health.

Texto completo:

Visualizar PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.