Death perception by the oncology nurses

Leonardo Augusto Couto Finelli, Wellington Danilo Soares, Sarah Estephânia Veloso Novelino

Resumo

Abstract: Objective: to understand how death is perceived by nurses working in the oncology sector of a hospital in the Northern Region of Minas Gerais. Methodology: this is a qualitative, field study. Four nurses working in the oncology sector of a hospital located in Montes Claros, Minas Gerais, Brazil, took part in this study. The semi-structured interview was the instrument for data collection and the analysis was performed using the methodology of Discourse Analysis. Results: the speeches revealed that suffering is present in the death perception of nurses who takes care of cancer patients, expressed in the form of sadness, anguish, frustration, and emotional feelings. Their discourses indicated two thematic axes: religiosity/spirituality as a source of preparation before death; and suffering before death and dying, which showed their ways of dealing with their personal suffering and that from the patients and their families, while recognizing it as part of the process of elaboration about the situation. Conclusions: death is a topic that causes concern, involving fright and denial, yielding feelings of fear and insecurity for nurses caring for cancer patients. Such feelings are due to limitations in their training, which does not promote the adequate preparation of nurses to work in adverse situations such as death.

 Keywords: Death; Nurses; Attitudes before death; Cancer patients.

 

A vivência da morte pelo enfermeiro que atua no setor de oncologia

Resumo: Objetivo: Compreender como se dá a vivência da morte pelos enfermeiros que atuam no setor oncológico de um hospital da Região norte de Minas Gerais. Metodologia: trata-se de estudo qualitativo e de campo. Participaram quatro enfermeiros lotados no setor de oncologia de um hospital situado em Montes Claros, Minas Gerais. Foi utilizada a entrevista semiestruturada como instrumento de coleta de dados e a análise foi realizada por meio da técnica de análise do discurso. Resultados: os discursos demonstraram que o sofrimento se faz presente na vivência de morte dos pacientes oncológicos, sob a forma de tristeza, angústia, frustração e abalo. Seus discursos indicaram dois eixos temáticos: A religiosidade/espiritualidade como recurso de preparo diante da morte; e, o sofrimento diante da morte e do morrer, os quais mostraram as formas de lidar com o sofrimento pessoal, dos pacientes e seus familiares, sem deixar de reconhecê-lo como parte do processo de elaboração da situação. Conclusões: a morte é um tema que causa receio, cercado de pavor e negação gerando sentimentos de medo e insegurança aos enfermeiros cuidadores de pacientes oncológicos. Tais sentimentos são consequentes de limitações na formação, que não promove o preparo adequado do enfermeiro para a atuação em situações adversas como a morte.
 
Palavras-chave: Morte; Enfermeiros; Atitude frente à morte; Paciente oncológico.

Palavras-chave

Death; Nurses; Attitudes;before death; Cancer patients; Morte; Enfermeiros; Atitude frente à morte; Paciente oncológico.

Texto completo:

Visualizar PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.