Ferramentas de abordagem familiar: um estudo de caso no contexto da estratégia saúde da família

Stephanie Quadros Tonelli, Ana Paula dos Reis dos Reis Leal, Barbara Quadros Tonelli, Patrícia Santos, Daniella Cristina Martins Dias Veloso, Dulce Pimenta GONÇALVES, Cláudia Danyella Alves LEÃO

Resumo

Resumo: A Estratégia Saúde da Família (ESF) tem seu principal foco na família, sendo a integração com a mesma, essencial para compreender o contexto em que estão inseridas. Para tanto, faz-se necessária a utilização de técnicas baseadas na realidade local e, para esse fim, existem diversos instrumentos que auxiliam os profissionais de saúde a conhecerem as relações que se desenvolvem dentro de um contexto familiar. Objetivo: Relatar a experiência de profissionais de saúde de uma equipe da Estratégia Saúde da Família do município de Montes Claros, Minas Gerais. Materiais e Métodos: A abordagem foi realizada através da aplicação das ferramentas de abordagem familiar entrevista, Genograma, Ecomapa, F.I.R.O., P.R.A.C.T.I.C.E. e Ciclo de Vida Familiar. Resultados: A aplicação das ferramentas permitiu melhor acesso da equipe à família e produziu efeitos positivos no rearranjo familiar, bem como no diálogo entre a mesma. Considerações finais: O emprego dessas ferramentas foi primordial e possibilitou a identificação das configurações da mesma, seus arranjos, contexto, suas relações, seu processo social de trabalho e vivência de maneira clara e realista, em consequência, permite induzir a resolução de problemas a partir da análise de cada membro, propondo uma reorganização familiar e melhor definição dos papeis de cada, incentivando, assim, a resiliência do grupo.

Palavras-chave

Estratégia Saúde da Família. Ferramentas de abordagem familiar. Atenção Primária à Saúde.

Texto completo:

Visualizar PDF

Referências

PAVARINI, S.FI et al. Genograma: avaliando a estrutura familiar de idosos de uma unidade de saúde da família. Revista eletrônica de Enfermagem, v. 10, n. 1, 2009.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado da Saúde. Implantação do Plano Diretor da Atenção Primária à Saúde. Oficina 06- Abordagem Familiar, guia do tutor/facilitador. Belo Horizonte: Escola de Saúde Pública do Estado de MINAS GERAIS, 2009.32p.

DITTERICH, R.G; GABARDO, M.C.L; MOYSÉS, S.J. As ferramentas de trabalho com famílias utilizadas pelas equipes de saúde da família de Curitiba, PR. Saúde e Sociedade, v. 18, n. 3, p. 515-524, 2009.

TONELLI, S. Q; OLIVEIRA, R. F. R.; LOPES, M. C. L.; ALENCAR, A. M.; RODRIGUES, L. A. M. Compreensão da dinâmica familiar no processo saúde-doença e intervenção pela equipe de saúde da família: um estudo de caso. Revista Norte Mineira de Enfermagem. v.5, n.1, p. 74-84, 2016.

OLIVEIRA, P. S et al. O Cuidado de um Idoso Frágil pela Família. Revista de Enfermagem UFPE on line [Internet]; v. 10(Supl. 1) p. 273-83. 2016. Disponível em: http://www.revista.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/download/8205/14069.

SILVA, C.C; CRUZ, M. M; VARGAS, E.P. Práticas de cuidado e população em situação de rua: o caso do Consultório na Rua. Saúde debate, v. 39, p. 246-256, 2015.

CHAPADEIRO, C.A.; ANDRADE, H.Y.S.O; ARAÚJO, M.R.N. A família como

foco da atenção primária à saúde. Belo Horizonte: Nescon/UFMF; 2012.

FEIJÓ, R. B; OLIVEIRA, E. A. Comportamento de risco na adolescência. Jornal de pediatria. Porto Alegre. v.77, supl. 2 (nov. 2001), p. S125-S134, 2001.

GUIMARÃES, J al. O desafio de compreender a consequência fatal da violência em dois municípios brasileiros. Interface-Comunicação, Saúde, Educação, v. 17, n. 46, p. 535-547, 2013.

NUNES, E. L. G.; DE ANDRADE, A. G. Adolescentes de Rua: prostituição, drogas e HIV/AIDS em Santo André-Brasil. Revista Psicologia & Sociedade, v. 21, n. 1, 2009.

PEGORARO, R. F.; CALDANA, R. H. L. Mulheres, loucura e cuidado: a condição da mulher na provisão e demanda por cuidados em saúde mental. Saúde e Sociedade, v. 17, n. 2, p. 82-94, 2008.

VALENTE, J. Acolhimento familiar: validando e atribuindo sentido às leis protetivas. Serviço Social e Sociedade, n. 111.

SALTARELLI, Rafaela Magalhães Fernandes et al. Abordagem familiar como esfera do cuidado em saúde: subsídios para o ensino teórico e prático no curso de graduação em enfermagem. Revista Ciências & Ideias, v. 3, n. 2, 2011.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.