Representações em educação online: A perspectiva do aprendiz

Vera Lúcia de Azevedo Siqueira, Raquel de Almeida Moraes

Resumo

O advento da Internet e a ampliação de serviços da rede vêm propiciando uma transição de paradigma na área educacional, motivando uma revisão nos conceitos de ensinar e aprender. Na educação à distância online, criam-se comunidades virtuais de aprendizagem que utilizam ferramentas de comunicação síncrona e assíncronas que permitem aos alunos interagir com seus pares e com o professor, discutir idéias, trocar pontos de vista, enfim, construir representações. Este artigo1 mostra, com base nas teorias de Peter Berger e Thomas Luckmann, como os alunos de um curso online percebem questões como a nova temporalidade e o novo espaço, a interação social, o uso da linguagem escrita eletrônica e o conhecimento. Além disso, indica que as representações individuais de alunos online estão estreitamente vinculadas à forma como um curso é produzido, organizado e mediado.

Palavras-chave

Educação online; Aprendiz; Representação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.