Tecnologia alternativa para produção de mudas de abóbora com a utilização de substrato orgânico

Marusa Rodrigues Rocha, Wagner Ferreira da Mota, Marlon Cristian Toledo Pereira, Virgínia Ribeiro Magalhães, Giordani Porto Tarchetti, Fábia Guimarães Alves, Ramon Emmanuel M. Gonçalves, Elizângela Kele Celestina Pereira

Resumo

O presente trabalho objetivou avaliar diferentes substratos orgânicos na produção de mudas de abóbora. A porcentagem de germinação foi de 100% com a utilização do substrato comercial. O híbrido “Tetsukabutu” foi superior à cultivar “Jacarezinho” com relação à matéria fresca da raiz quando se utilizou composto puro e substrato comercial. Com relação à porcentagem de germinação, a massa da matéria fresca e seca da parte aérea e volume de raízes, a superioridade do híbrido ocorreu em todos os substratos utilizados. Considerando apenas os substratos, verificou-se maior eficiência do substrato comercial e da relação 1:1 na manutenção de maiores pesos de matéria fresca da raiz e parte aérea, volume de raiz e altura das mudas. Com relação ao peso da matéria seca da parte aérea, a utilização do composto, relação 1:1 e substrato comercial demonstrou maiores valores.

Palavras-chave

Cucurbita moschata; Substratos; Genótipos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.