Atividade antimicrobiana do extrato aquoso de Copaifera langsdorffii Desf. sobre Staphylococcus aureus

Mônica Durães Braga, Carla Cilene Matos Silva

Resumo

Staphylococcus aureus são bactérias envolvidas em infecções graves com elevada incidência em processos de infecção hospitalar e apresentam elevada capacidade de resistência a antibióticos. A fitoterapia apresenta-se como fonte de recursos para pesquisa de novos antimicrobianos, a exemplo do óleo da Copaifera langsdorffii Desf., que apresenta ação antiinflamatória, cicatrizante e antimicrobiana. O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade de S. aureus ao extrato aquoso de folhas de C. langsdorffii. Foram avaliadas três concentrações do extrato (0,2; 0,1 e 0,05g/mL) pelo método de difusão em disco. A concentração 0,2g/mL foi eficiente em 100% das amostras, e a concentração 0,1g/mL em 92,8%. Os resultados encontrados demonstram que o extrato aquoso de folhas de C. Langsdorffii Desf. possui ação antimicrobiana eficaz contra S. aureus.

Palavras-chave

Antimicrobianos; Resistência; Fitoterapia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.