Escravos do Setecentos: um estudo sobre a composição da população cativa das Minas Gerais do século XVIII

Rodrigo Castro Rezende

Resumo

Neste estudo, procuro analisar a composição das nações africanas nas Minas Gerais do século XVIII. Para tanto, utilizo as Listas dos Quintos Reais da Coleção Casa dos Contos do Arquivo Público Mineiro nos anos de 1718 e 1719, para as localidades de Vila Rica e São João del Rei; das listas da mesma coleção, porém localizadas no Arquivo Nacional, para Vila Rica no ano de 1804; do rol de confessados da paróquia de São José em 1795, encontrado no Instituto Histórico Geográfico de Tiradentes; e das listas de batismos para a paróquia de Nossa Senhora do Pilar de Ouro Preto entre 1713 e 1809. Dessa forma, o segundo objeto almejado pelo trabalho, trata da comparação entre as Comarcas mineiras de Ouro Preto e do Rio das Mortes no decorrer do Setecentos.

Palavras-chave

Minas Gerais; e população cativa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.