Avaliação da produção de capim-marandu sob doses de nitrogênio em duas alturas de resíduos

Eleuza Clarete Junqueira de Sales, Flávio Pinto Monção, Daniela Alves Pereira, Verônica Aparecida Costa Mota, Sidnei Tavares dos Reis, Daniel Ananias de Assis Pires, Dorismar David Alves, João Paulo Rigueira Sampaio

Resumo

Objetivo: Objetivou-se por meio deste trabalho, avaliar os efeitos de doses de nitrogênio em duas alturas de resíduos sobre as características produtivas da gramínea Brachiaria brizantha cv. Marandu. Metodologia: O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados em esquema fatorial 4x2, sendo as doses (100; 200; 300 e 400 kg de ha-1) os tratamentos e duas alturas de resíduo (5 e 15 cm). Resultados: Houve diferença significativa (P<0,05) para a produção de matéria seca nas duas alturas de resíduos, sendo observados maiores produções quando o capim-marandu foi manejado a 5 cm de altura de resíduo. Com o incremento de das doses de nitrogênio, houve redução e aumento (P<0,05) na relação lâmina foliar: colmo do capim-marandu quando manejado nas alturas de resíduos de 5 e 15 cm, respectivamente. Conclusão: O capim Brachiaria Brizantha cv. Marandu tem potencial para responder a doses de nitrogênio de até 400 kg de N. ha-1. O manejo do capim-marandu na altura de resíduo de 5 cm, proporcionou maior produção de matéria seca por hectare, sendo produzido 43,61 kg para cada kg de nitrogênio aplicado.

Palavras-chave

Massa seca. Forragens. Nutrição animal. Adubação.

Texto completo:

Texto completo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.