Diversidade de Melastomataceae em diferentes altitudes de Diversidade de Melastomataceae em diferentes altitudes de campos rupestres na Serra do Cipó, MG

Yule Roberta Ferreira Nunes, Elena Charlotte Landau, Maria das Dores Magalhães Veloso

Resumo

A diversidade reside em uma das questões mais fundamentais na ecologia, e, grandes esforços têm sido devotados na explicação de padrões latitudinais e altitudinais. Este trabalho teve como objetivo determinar a diversidade de espécies de Melastomataceae em duas áreas de campo rupestre, em diferentes altitudes, na Serra do Cipó (MG), utilizando-se dois métodos de amostragem. Foram amostradas 18 morfoespécies de Melastomataceae na Área 1 - Alto do Palácio e 11 morfoespécies na Área 2 – Serra Morena. Observou-se que o método de amostragem utilizado determinou diferente composição florística na mesma área, apesar da ausência de diferenças significativas entre os índices de diversidade nas duas áreas.

Palavras-chave

Riqueza; Abundância; Métodos de amostragem; Florística; Cerrado

Texto completo:

Texto completo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.