O papel do enfermeiro dentro da equipe de enfermagem: a percepção do auxiliar

Carla Silvana Oliveira Silva, José Márcio Girardi de Mendonça, Helen Juliana Costa

Resumo

O presente estudo teve como objetivo apreender as contradições e dinâmicas da prática do relacionamento entre enfermeiros e auxiliares de enfermagem da equipe de enfermagem do Hospital Aroldo Tourinho de Montes Claros - MG. Trata-se de um estudo descritivo, de natureza qualitativa, cujos sujeitos foram 15 auxiliares de enfermagem que trabalham nos setores de Enfermaria Especial (clínica médica), Maternidade e Bloco Cirúrgico da instituição em estudo. Os dados foram obtidos através de entrevista semi-estruturada, no período de 27 de Abril a 09 de Maio de 2004, contendo uma única questão norteadora: Qual é, para você, o papel do enfermeiro dentro da equipe de enfermagem?”. A análise dos dados foi orientada por Minayo (2001) concluindo-se que, para os auxiliares de enfermagem, o papel do enfermeiro está relacionado com áreas de administração, gerenciamento, supervisão, relacionamento, qualificação e cuidado. O resultados colhidos e analisados apontaram o reconhecimento do papel do enfermeiro por parte dos auxiliares, indicando a ampliação do conceito de assistência de enfermagem, que passa a envolver o gerenciamento de todos os recursos e atividades voltadas para a sua viabilização.

Palavras-chave

Enfermeiro; Auxiliar de Enfermagem; Percepção

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.