Interfaces da violência televisiva no processo de socialização da criança: agressividade

Marilene Andrade Ferreira Borges

Resumo

Este estudo possibilita reflexões sobre o papel da violência propagada na televisão e sua influência nos desenvolvimentos sócio-emocional e cognitivo das crianças. Procura associar o “ambiente televisivo” a comportamentos agressivos. Alerta pais e educadores sobre o fascínio/sedução que a televisão exerce sobre as crianças – imitação, identificação e ou compensação. Aponta a necessidade de amplas discussões envolvendo as crianças e a mídia e a adoção de medidas para protegê-las da exposição da violência pela televisão.

Palavras-chave

Televisão; Violência; Criança; Educação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.