Estudo da Ictiofauna na barragem do rio juramento, Juramento/MG - Brasil

Maria Beatriz Gomes Souza Dabés, Gilmar Bastyos Santos, Thiago Fonseca Ratton, Guilherme Ruas Medeiros

Resumo

O estudo foi realizado na barragem do Rio Juramento, de propriedade da COPASA-MG, a qual foi dimensionada para captar e abastecer de água potável a cidade de Montes Claros-MG. Os rios Juramento, Canoas e Saracura, da bacia do Rio Verde Grande/Rio São Francisco, são os formadores do reservatório que possui 7,63 Km². Foram realizadas 2 campanhas de amostragem (julho e novembro) no ano de 2000 em 4 estações de coleta na barragem. Os objetivos do trabalho foram conhecer a composição, a riqueza e diversidade das espécies de peixes, bem como, a abundância relativa e a biomassa da ictiofauna. Para a coleta dos peixes foram utilizadas redes de espera de dimensões variadas e redes de arrasto e peneirão. A ictiofauna da barragem do Rio Juramento esteve composta por espécies nativas da Bacia do Rio São Francisco, com predominância de piscívoros. Foram determinadas 15 espécies, sendo 13 da Ordem Characiformes e, destas, 6 da Família Characidae. A pirambeba (Serrasalmus brandtii) foi a espécie mais capturada, enquanto a curimbatá-pioa e a piranha mostraram as maiores dimensões e pesos totais. A espécie Prochilodus affinis, foi o único peixe de hábitos migratórios que ocorreu na barragem do rio Juramento.

Palavras-chave

Peixes; Rio São Francisco; barrragem do Rio Juramento

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.