Levantamento das condições de Saúde Bucal em crianças de 12 anos no município de Montes Claros – MG.

Lorenna Fonseca Braga Oliveira, Raquel Conceição Ferreira, Carolina de Castro Oliveira, Michelle Pimenta Oliveira, Carlos Alberto Quintão Rodrigues, Mauricio da Rocha Dourado, Pedro Eleutério Santos Neto, Carolina Vieira de Freitas, Núbia Barbosa Eléutério, Andréa Maria Eleutério de Barros Lima Martins

Resumo

Resumo: Objetivo: Descrever as condições de saúde bucal dos escolares de 12 anos do município de Montes Claros--MG. Metodologia: Realizou-se um estudo exploratório, descritivo, com uma amostra de 357 indivíduos de 12 anos do Levantamento das Condições de Saúde Bucal da população de Montes Claros, o “Projeto SB MOC”. Resultados: O CPOD encontrado foi de 1,35 e a prevalência de escolares com fluorose foi considerada alta. Com relação à higiene bucal e a condição periodontal, verificou-se que 63,05% dos indivíduos avaliados não apresentavam placa visível em nenhuma superfície dentária e 96,10% não tinham cálculo. Apenas 11,40% dos escolares apresentaram sangramento à sondagem. Conclusões: Verificou-se que os escolares de 12 anos possuem uma condição bucal satisfatória. Novos estudos devem ser realizados, já que a amostra utilizada não foi representativa dessa população, além disso, pesquisas sobre a fluorose devem ser conduzidas, pois a prevalência encontrada foi considerada alta.

 

Palavras-chave: Saúde bucal. Inquérito Epidemiológico. Índice CPOD. Fluorose Dentária. Estudo transversal.

Palavras-chave

Saúde bucal. Inquérito Epidemiológico. Índice CPOD. Fluorose Dentária.

Texto completo:

Texto completo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.