Levantamento epidemiológico das condições de saúde bucal da população de Montes Claros – Projeto SBMOC

Andréa Maria Eleutério de Barros Lima martins, André Luiz Sena Guimarães, Alfredo Maurício Batista de Paula, Cássia Pérola dos Anjos Braga Pires, Desirée Sant'Ana Haikal, José Mendes Silva, Marise Fagundes Silveira, Tânia Coelho Rocha Caldeira, Núbia Barbosa Eleutério, Áureo Mendes Silveira, Bruno Mendonça Almeida, Carla Mendonça Almeida, Carolina Vieira de Freitas, Dígia Marinak Mendes Botelho, Kátia Tatiane Santos Chaves, Patrícia Marcela Barbosa Pereira, Rafael Souza Lima, Samantha Mourão Pereira, Thiago Fonseca Silva, Vanessa Mendes Duarte, Victor Emmanuel Pereira Silva, Isabela Almeida Pordeus

Resumo

Resumo: Introdução: O Projeto SBMOC, Levantamento Epidemiológico das Condições de Saúde Bucal da população de Montes Claros-MG 2008/2009, foi realizado mediante parceria entre a Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes e a Prefeitura Municipal de Montes Claros, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais e pela Prefeitura. Objetivo: Diagnosticar a situação de saúde bucal do município. Metodologia: Baseada no “Projeto SBBrasil 2002/2003”, investigaram-se, entre outras condições de saúde, as mesmas condições do SBBrasil. Após aprovação pelo Comitê de Ética da Unimontes foram conduzidas entrevistas e exames intrabucais realizados nos domicílios. Utilizou-se programa de computador para coleta de dados de saúde (PCDS) e construção simultânea do banco de dados de amostra probabilística por conglomerados com poder de inferências para quatro faixas etárias e duas idades-índice. Avaliaram-se cárie dentária, necessidades de tratamento, doença periodontal, fluorose, má-oclusão, edentulismo, lesões fundamentais em tecidos moles, dados sociodemográficos, uso/avaliação dos serviços odontológicos, autopercepção da condição de saúde geral e bucal, capacidade cognitiva dos idosos, impacto da saúde bucal e geral na qualidade de vida, saúde geral e estilo de vida. Nas análises estatísticas foi proposta a correção pelo efeito de desenho. Considerações finais: O Projeto foi pioneiro e desafiador, algumas de suas características foram inéditas: o desenvolvimento do PCDS e a correção pelo efeito de desenho. O SBMOC promoveu a integração serviço, ensino e comunidade, gerou resultados importantes a partir do uso da epidemiologia e promoveu a formação de recursos humanos do serviço público de saúde e da Unimontes.

Palavras-chave: Epidemiologia. Saúde bucal. Saúde coletiva. Cárie dentária. Periodontia. Fluorose dentária.

Palavras-chave

Epidemiologia. Saúde bucal. Saúde coletiva. Cárie dentária. Periodontia. Fluorose dentária.

Texto completo:

Texto completo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.