Montes Claros anos 50: entre a esperança e a frustração

Laurindo Mékie Pereira

Resumo

Este artigo analisa as relações sociais e as práticas políticas predominantes em Montes Claros na década de 1950 dentro do contexto das políticas de desenvolvimento levadas a efeito pelos Governos Estadual e Federal. Enquanto em âmbito nacional o governo divulgava a imagem de um país industrializado e moderno, no interior do país permaneciam estruturas econômicas e políticas “atrasadas”. Apesar disso, não havia conflitos entre uma dimensão e outra. Em Montes Claros, coronelismo e desenvolvimentismo coexistiram de forma harmônica e complementar.

Palavras-chave

Desenvolvimentismo; Coronelismo; Industrialização; Relações políticas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.